SER  LÍDER

Líder - um ser humano especial, um ser capaz de levar multidões a novos rumos.

Desde Moisés, um líder sempre muda ou faz a história; uns para o bem, outros para o mal. Alguns receberam dons, outros são ungidos mas a maioria se forma. Um líder pode ser edificado, portanto, vamos projetar e gerenciar seu desenvolvimento.

Como todo projeto, iniciaremos pelas necessidades e expectativas que darão as diretrizes para a concepção desse ser chamado líder.

Para que precisamos de líderes?

A maioria das pessoas precisa de orientação desde o nascimento. Mesmo os que nascem com talentos especiais, desenvolvem seu caráter, moldam suas personalidades, aprimoram suas habilidades e elevam suas competências em diversos estágios: no seio da família, nas escolas, nas igrejas, nas comunidades e no trabalho. Em todos esses estágios há sempre a figura de líderes que polarizam as idéias e arregimentam massas, extraindo enorme energia do grupo. Os valores, as crenças, os padrões comportamentais, a busca do conhecimento e as conquistas, transmitidos coletivamente, caracterizam a cultura de um grupo ampliando-se para a sociedade. Nem sempre é evidente, mas a influência de líderes é permanente.

Os pais, os professores, os amigos e os chefes precisam exercer o papel de líderes a todo instante. Quando uma liderança enfraquece, os liderados ficam desnorteados até que apareça um outro líder que coloque nova ordem nas coisas, às vezes até em direção oposta, criando nova força de massa.

Portanto, precisamos de líderes fortes, com valores, idéias e coragem, capazes de influenciar positivamente e com persistência aqueles que não possuem a visão clara para ver as melhorias após as mudanças. O maior cuidado está na seleção de líderes para evitar que os fanáticos, os mentirosos, os falsos, os corruptos e os de mau caráter sejam promovidos ou eleitos. Um líder tem de ser absolutamente íntegro.

Os alicerces da liderança

Uma vez definido o tipo de líder que queremos, precisamos estabelecer as bases sólidas desse majestoso edifício que virá Ser Líder.

Existem pelo menos doze talentos requeridos como estacas profundas:

  • Visão

  • Carisma

  • Caráter

  • Responsabilidade

  • Planejamento

  • Talento social

  • Impulso de realização

  • Estabilidade Emocional

  • Tolerância à ambigüidade

  • Capacidade de decisão

  • Delegação

  • Panorama positivo

Todos esses talentos devem ser intertravados pela integridade e autoconfiança para que uma das escoras não ceda e desestabilize o conjunto.

Características do líder

Com sólidos alicerces, nem sempre aparentes, a estrutura se eleva de forma mais perceptível resplandecendo três características: Cabeça, Coração e Coragem. Esse triplo "c" é o início da Competência do Líder, requisito essencial nas organizações modernas.

Cabeça - Rigor intelectual, compreensão da organização e idéias que possam vencer no mercado, e ainda, Habilidade para Conceituar, Conhecimento do Negócio e uma Visão;

Coração - Compaixão, empatia e justiça acrescidas de amor e absoluta franqueza, e ainda, Sinceridade, Integridade e Piedade;

Coragem - Capacidade de fazer os apelos difíceis, assumir posições impopulares, correr riscos e ter autoconfiança para ser simples, e ainda, Realidade, Autoconhecimento, Simplicidade e Velocidade.

Ser líder é ter autoconfiança para tomar iniciativas, a coragem para avançar quando muitos já se entregaram, a lucidez para apontar direções quando tantos ficaram míopes por seu egoísmo, a serenidade para buscar a paz enquanto muitos buscam espalhar a desordem e a violência.

O revestimento dessa estrutura é permeado de muita comunicação, escrita, verbal, corporal, mental, praticada "full-time", tanto na vida profissional quanto pessoal.

Funcionalidade do líder

O ser líder funciona como catalisador e promotor da felicidade. Ele estabelece a harmonia da orquestra, como um maestro, o estímulo para a vitória, como um "coach", a educação para o futuro, como um mentor, a disciplina confiante, como um pai, e a produtividade elevada como um conselheiro.

Automotivado permanente, está sempre preparado para motivar sua gente, mesmo nos momentos mais difíceis. Enfrenta a realidade como ela é, não como ela foi ou gostaria que fosse.

Seus atos, decisões e posturas são dirigidos por um conjunto de Crenças e Valores Básicos que o tornam um ser desejado e enaltecido, sem arrogância nem prepotência.

Todos os líderes têm oportunidades, mas serão escolhidos apenas aqueles que se engajarem na construção de um mundo melhor, os que se comprometerem com os valores comuns e tiverem a audácia de liderar para o engrandecimento de todos que o cercam.

Essa audácia é alimentada pela confiança em si mesmo, pela coragem de assumir riscos, de errar e corrigir, de criticar e aceitar críticas com naturalidade, de ter medo sem padecer de ansiedade, de amar e ser amado, de ser sincero, de enfrentar a realidade, de manter suas metas mesmo diante de fracassos, de pedir ajuda, de rir e chorar, mas manter sempre seu alto astral e extravasar seu interior através do sorriso.

Disponibilidade e procura do líder

Ser líder é dispor de uma força maior, exclusivamente sob seu controle, que potencializa ao extremo as forças ou não forças de um indivíduo: é a vontade. O mais talentoso líder fica inerte se não tiver vontade de usar seu potencial. Um menos talentoso pode superar em muito a si mesmo e aos demais com o exercício da vontade.

Hoje procuram-se líderes capazes de ampliar a competitividade brasileira, de enfrentar a globalização com exportação, não apenas na defesa contra a importação. Procuram-se líderes capazes de ampliar a produtividade tanto das empresa como das pessoas.

É fundamental a reconstrução do Compromisso, do Desempenho e da Produtividade dos Empregados para que haja sucesso nas organizações. Atualmente, essa é a maior competência exigida de um líder - um grande desafio - quando a "anomia" instalou-se na sociedade. Anomia foi o termo cunhado pelo filósofo francês Emile Durkheim em 1893, após a Revolução Industrial, causada por falta de normas e valores distintos que guiam as aspirações individuais e os comportamentos grupais.

Encerramento do projeto

O ser líder está edificado - pronto, sólido, funcional, disponível, procurado. Faça seu "benchmarking"; você pode usar esse edifício, que é real em muitas organizações e países, como um paradigma para seu desenvolvimento. Vou provocá-lo com uma questão:

Que tipo de líder você é?

Você pode projetar sua carreira de executivo com base nos critérios de liderança de Jack Welch e a obsessão por valores da General Electric, classificando os líderes em quatro tipos:

  • Um - é o que se baseia em compromissos - financeiros e outros - e compartilha os valores de nossa empresa. Seu futuro é garantido. Em frente e para cima.

  • Dois - é o que não atende compromissos e não compartilha nossos valores. Um futuro não tão agradável, mas igualmente previsível.

  • Três - é o que não atende os compromissos mas compartilha os valores. Normalmente, consegue uma segunda chance, de preferência em um ambiente diferente.

  • Quatro - o mais difícil de tratar para muitos de nós. Esse líder cumpre os compromissos, alcança todos os números, mas não compartilha os valores que precisamos ter. Esse é o indivíduo que, em geral, obriga as pessoas a um desempenho, ao invés de inspirá-las - o autocrata, o chefão, o tirano. Com muita freqüência todos nós fingimos que não vemos - tolerando esses gerentes "tipo 4" porque "eles sempre cumprem as metas" - pelo menos a curto prazo.

Talvez o tipo 4 tenha sido o mais aceitável nos tempos mais fáceis, mas, em um ambiente onde é preciso ter todas as boas idéias de todos os homens e mulheres da organização, não podemos pagar o preço dos estilos de gerência que suprimem e intimidam.

Reconhecimento

Na complexa e gratificante tarefa de ser líder, destaco alguns aspectos para seu autodesenvolvimento e o de sua gente:

1- Líder é a posição melhor remunerada do mundo, não importa qual seja o título gerencial;

2- Se você quer ser um líder de fato, saiba também que é uma atividade "full-time", ou seja, ser líder não é estar líder, é viver em todos os instantes sua plenitude;

3- Nada mais tranquilizador do que a sua integridade absoluta - honesto sempre, em tudo e em quaisquer circunstâncias;

4- Líder tem um ponto de vista educativo impregnado de Idéias, Valores, Energia Emocional e Edge - termo que engloba as qualidades de coragem, ousadia, determinação, energia, têmpera, garra, eficácia, fibra, pulso firme, força moral, vitalidade, realismo e entusiasmo;

5- Líder articula e mentaliza sempre o sucesso; uma eventual derrota serve de trampolim para novas vitórias;

6- Um grande líder tem a humildade de valorizar sua equipe e formar novos líderes e substitutos;

7- Um líder completo sabe equilibrar os domínios de sua vida - pessoal - profissional - familiar;

8- Um líder exemplar comunica-se por palavras, ações e sentimentos refletindo uma energia emocional positiva, sempre coerente;

9- Um líder é um missionário que tem o foco no futuro, sem perder a pressão de vencer hoje

10- O grande líder fica feliz ao ver seus liderados serem também vencedores

Dica final: autogerencie o progresso para superar suas metas com este ciclo: rever - avançar - revisar - reciclar. Queira Ser Líder Vencedor !

Claudiney Fullmann

consultor em Estratégias empresariais e presidente da Educator editora e desenvolvimento empresarial