AS  HABILIDADES  NECESSÁRIAS


 

 

 

 

 

 

Além  da mentalidade certa o líder deve possuir as habilidades certas, sobretudo as de comunicação e sinergia.

 Procure entender primeiro

 Comunicar-se efetivamente, requer que você entenda primeiro o ponto de vista da outra parte, para só então expor o seu.

Há pelo menos cinco maneiras de ouvir – ignorando, fingindo ouvir, ouvindo seletivamente, atentamente e empaticamente. Esta última é a mais evoluída. Ouve-se com os olhos, ouvidos e coração. Ouvindo dessa maneira você extrapola seus limites e penetra no referencial do outro. Você aprende muito sobre a outra parte não só ouvindo com empatia, mas também se abre para uma infinidade de idéias novas.

 

Crie sinergia

 A sinergia é conseqüência do compartilhamento de idéias – é a busca da terceira alternativa. Não é a minha maneira nem a sua, mas uma terceira melhor do que qualquer das nossas proposições individuais. Seguem os passos para a criação da sinergia.

 

1

Identifique o desejo comum a todas as partes. Evidencie os pontos principais, observe e trabalhe os interesses comuns, fazendo com que as partes se tornem parceiras e passem a enfrentar o mesmo desafio.

2

Crie alternativas que melhorem todas as organizações envolvidas. Evite a ridicularização de contribuições aparentemente despropositadas, porque elas podem sofrer melhorias durante o processo e se tornarem viáveis e valiosas.

3

Determine soluções de consenso. Explique as vantagens da solução proposta mostrando que o bem de todos compensa eventual perda individual, de modo a dissipar as divergências.

4

Promova um espírito de benefício mútuo. As pessoas do outro lado devem sentir que você está preocupado com o bem-estar delas.

5

Desenvolva  relacionamentos e fortaleça os laços inter-pessoais, pois se não houver acordo agora ele poderá acontecer no futuro.

Não raro a sinergia resulta da fusão de culturas fortes e diferentes, que se viram dispostas a trabalharem juntas até que todas se satisfizessem com os resultados.

Liderança para o século XXI - Peter F. Drucker Foudation

 

PARA  SER UM  BOM  DIRIGENTE

1. Não coloque nenhum outro trabalho à frente da tarefa que Deus lhe designou. Seu chamado ao serviço é uma responsabilidade sagrada.

2. Não tenha outras atividades que consumam o seu tempo ou atenção. O seu trabalho é urgente.

3. Seja um exemplo em devoção e atividade fervente para aqueles a quem dirige.

4. Ame aqueles que estão sob sua direção como se fossem de sua própria família.

5. Esteja alerta para ver as necessidades e problemas experimentados por seus colaboradores.

6. Sempre esteja disposto a escutar as objeções ou sugestões que seus superiores, associados ou colaboradores têm a lhe dar.

7. Seja pontual em todos os seus compromissos, e atenda com prontidão às perguntas ou objeções.

8. Não temas novas idéias. Aceite as mudanças, se forem boas e necessárias. Calcula-se que a metade do que o líder normalmente conhece, será obsoleto dentro de dez anos.

9. Seja acessível para aqueles que buscam o seu conselho, e comunique-se espontaneamente com aqueles que dirige.

10. Trace planos sábios para um programa de ganhar almas para Deus, e que este programa esteja em permanente expansão.

 W.ª Higgins - Manual dos Ministérios da Família – USB

 

A  MARCA  VOCÊ

1. Comece a pensar e a agir como um empreiteiro independente.

2. Identifique o que você quer ser; em que você é bom ou quer se destacar.

3. Identifique seus pontos fortes e fracos.

4.  Faça um planejamento estratégico do seu projeto. Defina: a missão, visão, objetivos,metas, resultados esperados, itens de aferição e controle e defina os recursos.

5. Direcione seu foco e suas ações para o seu projeto.

6. Tenha uma agenda diária. Cumpre-a fielmente.

7. Crie um nome e uma logomarca.

8. Faça um plano para aperfeiçoar as suas habilidades e desenvolver uma capacitação nos seus pontos fracos.

9. Aprenda a vender seu projeto. Torne-se um estudioso em marketing.

10. Traduza o seu projeto em receitas.

11. Adote políticas de implementação realistas.

12. Transforme pequenas e chatas tarefas em ouro.

13. Tenha bons projetos suportes. Lembre-se que você é a alma de cada um desses projetos.

14. Pense nos seus clientes, seja obcecados por eles.

15. Seja muito competente naquilo que é o centro da sua marca.

16. Tenha uma vasta e diversificada lista de contatos.

17. Administre e alimente a sua comunidade de negócios, a sua rede de contatos.

18. Tenha amigos excêntricos. Abra a sua mente e seu coração.

19. Alimente a sua criatividade. Gere novos projetos.

20. Tenha uma forte identidade. Você = Sua Marca = Seu Projeto.

21. Pense sempre a longo prazo. Diga a verdade. Gere confiança e credibilidade.

22. Tenha um cartão de visitas diferente e especial.

23. Construa uma home page.

24. Conte a sua história. Diga ao mundo quem você é.

25. Aprenda a falar em público.

26. Seja alegre. Distribua entusiasmo e otimismo.

27. Invista em você. Faça um plano formal de investimento em renovação.

28. Faça uma lista de 50 coisas ousadas e diferentes que você gostaria de fazer e realize-as.

29. Tenha conselheiros e orientadores.

30. Mantenha contato com pessoas que você admira.

31. Identifique novos talentos e os observe com freqüência.

32. Torne-se um fanático pelo poder, sem ser autocrata.

33. Esteja comprometido com a excelência. Faça a diferença.

Adaptado do livro "A marca você" da Série Reinventando o Trabalho de Tom Peters

 

VOCÊ  É  O  PRODUTO

Você já se pensou como um Produto?

     1° - Você foi desejado ( fundamente do marketing satisfazer as necessidades) Seus pais "sonharam" com você, planejaram seu  " Lançamento" existia a necessidade de procriar, de gerar um ser que fosse amado e oferecesse amor.

     2° - Você se preocupou com a comunicação, assim que nasceu abriu a boca a chorar para dizer estou aqui, cheguei.

     3º - Sua mãe se preocupou com o merchandisng, encheu de pom pom, para que as amigas pudessem admirar, e comentar gerando assim a propaganda boca a boca (você viu o filho da "fulana, que gracinha" )

     4º - Mais tarde o Marketing de relacionamento, primeiro o público alvo era os meninos, para buscar reforço de imagem. Depois muda o público alvo agora são as meninas,  e tome propaganda, (hoje em dia meus filhos falam em ficar) fiquei com a aquela, e com a aquela outra etc.  na minha época eu "ficava" era com vergonha, a concorrência era menor, e a gente não necessitava ser tão agressivo como a moçada de hoje.

     5º  - Caminhando pelo tal  de ciclo de vida do Produto, a gente tem uma fase de crescimento enorme, muito trabalho, muitas oportunidades, a vida vira uma correria, a gente passa a ter um "preço" de oportunidade (poderia chamar de custo, mas é preço mesmo, pois você esta disponível no mercado, procurando quem paga mais. Neste momento o Fator "Place" é um caso sério, você quer estar em todos os lugares ao mesmo tempo, marca duas reuniões para a mesma hora, que dar atenção para a família, mas não sabe bem onde é mais "Rentável " você estar.

     6° - Ai vem a fase do amadurecimento, você conclui que dinheiro não é tudo na vida, mas tem que manter a sua participação de mercado, sua "embalagem" começa a ficar ultrapassada (você procura uma academia, mas nem sempre resolve)

     7° - Apesar da decadência, se você teve um bom desempenho de mercado, sempre terá um público fiel (sua família!), que continuara te prestigiando sempre.

     8º - Vai chegar um dia que Ele (o CÉU  do Departamento de MKT da Natureza) resolve fazer a substituição do produto, como em todos os casos que a gente conhece, outro produto já foi "planejado" já possui um público desejoso por ele e o lançamento pode ser a qualquer hora.

 

     Assim a vida segue seu curso com milhões de "produtos" sendo lançado no mundo  a cada dia, infelizmente muitos nem planejados foram, nasceram do devaneio de alguns marketeiros e serão lançados a própria sorte. Outros terão seu ciclo de vida interrompido pela violência e pelas drogas. Cabe a nós que estamos num estágio de maturidade, tentar fazer um "Planejamento estratégico" pára que um dia isto possa mudar.

     O desafio é grande, mas o sonho do verdadeiro marketeiro deve ser maior ainda, afinal se a vida fosse fácil, só existiriam departamentos de vendas!
 

PARA  SER  UM  VENCEDOR

01. Não arrume briga de graça;

02. Jamais desafie quem você não conhece;

03. Acredite no seu potencial;

04. Planeje cuidadosamente, mas seja rápido e preciso nas ações;

05. Tenha sempre uma reserva técnica para qualquer eventualidade;

06. Valorize e divulgue as suas qualidades;

07. Trate de resolver os seus defeitos e seja discreto a respeito dos mesmos;

08. Arrume aliados estratégicos;

09. Use sempre a dúvida a seu favor;

10. Jamais se mostre derrotado, pois cachorro morto todo mundo chuta.
 

 

CARACTERÍSTICAS  DAS  PESSOAS  ESPECIAIS

01. Inventaram a si próprias.

02. Em constante transformação... sem se sentir limitadas pela coerência consigo mesmas.

03. Golpeadas e machucadas... para jogar o jogo da vida com vigor.

04. Curiosas... ao extremo.

05. Como crianças, ingênuas... com um apetite pela exploração que se assemelha ao de um garoto de quatros.

06. Sem as amarras do passado.

07. Confortáveis... com a idéia de que a vida parece um alvo móvel.

08. Alegres... todas riem... muito.

09. Ousadas... até um pouco loucas.

10. Iconoclastas... só se sentem, mais ou menos, felizes quando estão do lado errado do senso comum.

11. Multidimensionais... com falhas tão grandes quanto suas virtudes.

12. Honestas... e confusas... como são as pessoas verdadeiramente honestas.

13. Maiores do que a vida... embora muitas vezes engajadas em pequenas aventuras...

do livro "A Marca Você" da Série Reinventando o Trabalho de Tom Peters

 

 

ENFRENTANDO  OS  DESAFIOS

São apresentados abaixo os seis desafios a serem vencidos para o exercício de uma liderança eficaz no futuro.

Primeiro desafio – dirigir grupos diferentes rumo a um bem comum. Tal tarefa exigirá a identificação de uma visão unificadora, uma visão de consenso no grupo levando-o à condição de uma organização ampliada, onde ficam bem claros os benefícios comuns resultantes do esforço comum.

Segundo desafio – fortalecimento da organização ampliada, estabelecendo um sistema de valores baseado em princípios duradouros, universais e de fácil entendimento.

Terceiro desafio – certificar-se de que a comunicação flui livremente na organização e que todo o grupo fala a mesma língua...Qualquer barreira à comunicação deve ser imediatamente removida. A linguagem comum assegura o bom entendimento.

Quarto desafio – criar e motivar a sinergia do grupo, fazendo com que todos abandonem as individualidades e focalizem o interesse comum.

Quinto desafio – encorajar a colaboração, a cooperação evitando e desestimulando a competição. O sistema deve recompensar o trabalho em equipe.

Sexto desafio – orientar os participantes da organização a focalizar e se concentrar naquilo  que é mais importante. O tempo será sempre escasso para tratarmos de todas as pendências, é fundamental que selecionemos e priorizemos o mais importante.

Liderança para o século XXI - Peter F. Drucker Foudation