Salmo 42 (41)
A alma sedenta de Deus

1 Ao regente do coro. Poema didático dos filhos de Coré.
2 Como a corça suspira pelas correntes de água,
assim minha alma suspira por ti, meu Deus.
3 Minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo:
quando entrarei para vera face de Deus?
4 As lágrimas são meu pão, dia e noite,
enquanto me repetem, todo o dia: "Onde está o teu Deus?"
5 Recordo outros tempos – para desafogo de minha alma –
quando andava entre as turbas, peregrinando ao templo de Deus,
entre brados de alegria e de louvor da multidão em festa.
6 Por que estás abatida, ó minha alma, e gemes dentro de mim?
Espera em Deus! Ainda o aclamarei: "Salvação da minha face e meu Deus!"
7 Minha alma está abatida dentro de mim; contudo me lembro de ti,
nas terras do Jordão e do Hermon, no monte Misar.
8 Um vagalhão por outro chama, ao fragor das ressacas.
Todas as vagas e ondas passaram sobre mim.
9 De dia o Senhor use de misericórdia!
De noite cantarei uma prece a Deus, que é minha vida.
10 Direi a Deus, meu rochedo: "Por que me esqueceste?
Por que ando triste, pela opressão do inimigo?"
11 Quando meus ossos se esfacelam, os adversários me insultam,
perguntando-me, todo o dia: "Onde está o teu Deus?"
12 Por que estás abatida, ó minha alma, e gemes dentro de mim?
Espera em Deus! Ainda o aclamarei: "Salvação da minha face e meu Deus!"

 

Salmo 62 (61)
Paz em Deus

1Ao regente do coro. Ao encargo de Jedutun. Salmo de Davi .
2 Só em Deus minha alma descansa, dele me vem a salvação.
3 Só ele é minha rocha e salvação e meu baluarte: jamais vacilarei.
4 Até quando vos lançareis sobre um homem
para abatê-lo, de comum acordo, como uma parede inclinada
ou um muro prestes a ruir?
5 Derrubá-lo de sua posição é seu único intento,
e se comprazem na mentira; com a boca bendizem,
mas no coração amaldiçoam. Pausa .
6 Só em Deus descansa, minha alma, porque dele me vem a esperança.
7 Só ele é minha rocha de salvação e meu baluarte: não vacilarei.
8 De Deus depende minha salvação e glória;
Deus é minha rocha firme, meu refúgio.
9 Confia nele, ó povo, todo o tempo, desafoga diante dele o coração!
Deus é nosso refúgio. Pausa .
10 Os filhos dos homens não são mais que um sopro,
e as pessoas importantes, mera aparência. Todos juntos, na balança,
pesariam menos que um sopro.
11 Não confieis na extorsão nem vos façais ilusões com o roubo!
Ainda que cresçam vossas riquezas, não lhes deis o coração!
12 Uma coisa Deus disse, e duas eu ouvi: Que o poder vem de Deus,
13 de ti, Senhor, a misericórdia; e que pagas a cada um, segundo suas obras.