Transtornos obsessivo-compulsivo

da personalidade (Anancástico)

Há, neste Transtorno de Personalidade, um padrão generalizado de perfeccionismo e inflexibilidade. As pessoas assim preocupam-se com a observância das normas, das regras, com a organização e com os detalhes. Normalmente são escravizados pelo simétrico, pelo limpo e pela ordem das coisas, desde a arrumação de seus pertences pessoais (guarda-roupas, gavetas, mesas), até a organização extremamente cuidadosa de coisas relacionadas à ocupação e profissão.

A preocupação com a origem geral das coisas é tanta que, não raras vezes, é impossível conciliar o sono se vier-lhes à mente a impressão de que os chinelos estão desarrumados, ou que há uma gaveta semi-aberta, ou que talvez a porta não esteja trancada e assim por diante. Evidentemente, observamos também um zelo exagerado para com a arrumação do banheiro, havendo desconforto se este se encontrar respingado, com uma torneira gotejante ou com algo fora de lugar.

Estas pessoas são incapazes de suportar tudo aquilo que consideram como infração às suas próprias determinações de organização, por isso são inflexíveis consigo próprios e com os que lhes são mais próximo na observância de suas leis. O exagerado perfeccionismo, a precisão meticulosa na arrumação das coisas e a constante repetividade para que tudo saia da forma obsessivamente idealizada tornam estes indivíduos muito enfadonhos.

Estas características de obsessão rigidamente voltadas para a perfeição, somadas ao medo de que algo pode não estar perfeito fazem com que estas pessoas tenham muita dificuldade para terminarem aquilo que começaram. Não importa quão boa esteja a realização em pauta mas sim a obsessiva impressão de que algo esteja faltando, algo não esteja correto ou imperfeito.

Os obsessivos têm dificuldade em expressar sentimentos de ternura, compaixão e compreensão aos sentimentos e comportamentos dos outros. Quando eles se dão ao luxo do lazer e recreação, fazem isso com tanto planejamento e meticulosidade a ponto de sacrificarem o próprio prazer em benefício das regras e normas para que tenham prazer.

Os critérios para diagnóstico deste Transtorno de Personalidade Obsessivo-Compulsivo podem ser agrupados da seguinte forma:

a) sentimentos de dúvida e cautela exagerados;

b) preocupação com detalhes, regras listas, ordem, organização e esquemas;

c) perfeccionismo que interfere na conclusão de tarefas;

d) escrupulosidade excessiva com a produtividade, concomitante à quase exclusão do prazer;

e) aderência excessiva à algumas convenções sociais;

f) inflexibilidade, rigidez e teimosia;

g) insistência para que os outros se submetam aos seus conceitos de valor em relação à maneira de fazer as coisas;

h) evitam tomar decisões acreditando haver sempre outras prioridades;

i) falta de generosidade e de sentimentos de compaixão e tolerância para com os outros;

j) dificuldade em descartar-se de objetos usados.

Ballone GJ - Transtornos da Personalidade, PsiqWeb, internet, disponível em www.psiqweb.med.br/persona/persona.html, atualizado em 2002