Tília

tilia europaea

Partes usadas: casca e inflorescências.

Família: tiliáceas.

Características: árvore grande (até 20 m) de copa ramificada de folhas caducas dentadas e flores esbranquiçadas ou amarelas. De origem européia, nas Américas existem muitas espécies nativas de Tília.

Principio ativo: taninos, mucilagens, flavonóides, glicosídeo dentre outros.

Propriedades: sedativa, diurética, sudoríficas, antiinflamatórias, anti-espasmódica e vasodilatadora.

Indicações: usada em casos de nervosismo e ansiedade, pois é excelente sedativo e calmante para os nervos. É anti-espasmódica e diaforética por excelência. É indicada nos catarros brônquicos, bronquites, asma, gripe e tosse rebelde das crianças. A flor e a casca tem o efeito vasodilatador e suavemente hipotensor.