Lúpulo

humulus lupulus

Partes usadas: flores (inflorescências) e o lupulino (pó amarelo que recobre as flores).

Família: moráceas.

Características trepadeira cujos exemplares femininos produzem inflorescências globulosas (com forma de pinha) quando o fruto amadurece. Prefere regiões menos quentes.

Princípio ativo: terpenos, flavonóides e princípios amargos, dentre outros.

Propriedades: sedativa, digestiva e aperitiva.

Indicações: muito conhecido o chá de lúpulo para favorecer o sono. É útil(uso interno) em casos de enxaqueca. Aplica-se também em casos de digestão difíceis, infusão e/ou compressas. As flores femininas da plantas são utilizadas na fabricação da cerveja.

Toxicologia: seu uso excessivo pode provocar náuseas.