Hipérico

hypericum perforatum

Partes usadas: folhas e flores.

Família: gutíferas.

Características: arbusto de folhas pequenas, opostas, ovais e alongadas perfuradas por uma multidão de orifícios. Suas flores são amarelo-douradas (5 pétalas, 3 estilos e vários estames).

Dicas de cultivo: planta que cresce espontaneamente em bosques sombreados da Europa e Ásia, está aclimatizado na região sul do Brasil.

Princípio ativo: taninos, flavonóides, 1 óleo essencial (hipericina) dentre outros.

Propriedades: antitussígeno, antireumático, vulnerário, analgésico, balsâmico, anti-espasmódico, digestivo, colago e colerético, tonificante do sistema nervoso: combate a depressão ou neurose.

Indicações: é muito usado para curar feridas e queimaduras, a incontinência urinária das crianças e na eliminação de vermes.

Toxicologia: evitar ação direta do sol sobre a pele enquanto estiver tomando ou aplicando o hipérico.