Espinheira-santa

maytenus aquifolia

Partes usadas: folhas.

Família: celastráceas.

Características: planta arbórea de caule lenhoso e esgalhado, folhas lanceoladas e dentadas de frutos capsulares e achatados. É também conhecida como cancerosa, cancrosa, espinho-de-deus, maiteno, salva-vidas.

Dicas de cultivo: árvore perene que se adapta aos solos bem drenados e ricos em matéria orgânica. É geralmente encontrada em locais sombreados à luminosidade plena ou meia-sombra. O plantio é feito na estação das chuvas, com sementes ou mudas, respeitando o espaçamento de 3 x 3m.

Princípio ativo: taninos e óleo essencial.

Propriedades: cicatrizante, diurética, anti-séptica e analgésica

Indicações: o chá das folhas possui poder cicatrizante e analgésico. É empregado no tratamento das afecções do aparelho digestivo e para cicatrizar feridas. O chá alivia a dor e apressa a cicatrização das úlceras estomacais e do duodeno. Atua aliviando a acidez do estômago e os gases intestinais.