Alfavaca cheirosa

manjericão grande, erva real, manjericão dos cozinheiros

ocimum  basilicum

Sudoríferas e diuréticas, indicadas para os casos de ardor ao urinar.

Bom para compressas nos bicos doloridos das lactantes.

Auxilia na boa circulação, pele, dores reumáticas, tosse e resfriados.

Dá excelente pomada anti-bacteriana. 

Para insônia: 1 colher de chá de folha em 1/4 de litro de água fervente, faça um infuso por 5 minutos. Coar e beba à noite antes de deitar.

Para dor no mamilo de lactantes: infuso de 2 xícaras de água fervente com 2 colheres de sopa de folha por 10 minutos. Coe e aplique compressas.

Vinagre de manjericão é excelente hidratante para cabelo e pele. O ungüento da erva exerce mesmo efeito sobre a pele, mais suavemente.

Uso caseiro: afasta mosquitos e embaixo do travesseiro faz ter uma boa noite de sono.

Efeitos colaterais: contra indicado para mulheres grávidas.

Características e Cultivo: herbácea anual de até 60 cm de altura, caule pubescente, finamente estriado, ramoso, verde claro a avermelhado na base, folhas grandes, serradas, ovada e verde-clara, com cheiro forte e ardente, mas fresco. As flores se reúnem num fascículo circular em número de seis, e são pequenas, aromáticas e esbranquiçadas, desabrochando no final do verão. A espécie Citriodorum tem aroma de limão e a Purpurascebs tem folhas enrugadas e púrpuras, com flores rosa pálido.Gosta de solos leves e ricos em matéria orgânica, em terrenos ensolarados e bem drenados, bem irrigados quando seco. Propagação por semeadura ou estaquia de galhos. Deixar 30 centímetros entre as plantas. Funciona bem a auto-semeadura em locais que não são muito frios. São conhecidas e cultivadas no Brasil uma série de plantas que guardam um forte parentesco. Originária da Ásia Central e Índia, hoje esta espécie é cultivada em quase todo o mundo. Não tolera temperaturas baixas, prefere climas amenos ou quentes, formando grandes touceiras quando plantado em lugares adequados. Também conhecido como alfavaca.

Indicações e Usos: é um dos ricos temperos da culinária italiana já incorporado à cozinha brasileira. Na medicina popular, o chá das folhas do manjericão é utilizado para aliviar as dores de garganta (gargarejo); em bochechos ajuda a cicatrizar aftas. Este chá atua ainda contra tosses, gripes, resfriados e crises de bronquite. Sendo um sedativo suave, pode ser usado para combater dor de cabeça, enxaqueca e gastrites. Recomenda-se o seu uso nos casos de vômitos e dores de estômago. Tem ação sobre o aparelho urinário combatendo o ardor ao urinar e estimulando os rins. Compressas feitas com o chá também são indicadas para o caso de lactantes que têm rachaduras no bico dos seios. É costume colocar ramos de manjericão nas gavetas e armários para perfumá-los e repelir insetos.