Açafrão

crocus  sativus

Partes usadas: estigmas da flor.

Família: iridáceas

Características: planta bulbosa de flores de cor lilás, de cujo estigma é extraído o açafrão propriamente dito. Também conhecido como açafrão-verdadeiro, açafrão-oriental, flor-da-aurora e flor-de-hércules.

Dicas de cultivo: prefere solos argilo-arenosos e férteis, porém propaga-se em diversos tipos de solo. Necessita de meia-sombra ou iluminação plena. O plantio pode ser feito por sementes (importadas) em sementeiras devem ser transplantadas quando tiverem em torno de 10 a 15 cm de altura. Pode-se também propaga-la por meio de estacas ou divisão de touceiras (na primavera ou outono). A colheita é feita após 2 anos, na floração.

Princípios ativos: princípios amargos (crocina e picrocina) e 1 óleo essencial.

Propriedades: é digestivo, aperitivo, carminativo, antiespasmódico e emenagogo.

Indicações: combate a tosse causada pela bronquite crônica, ansiedade, insônia.

Toxicologia: em doses altas é tóxico, abortivo e produz graves transtornos nervosos e renais.