ORAÇÃO DOS POLÍTICOS

Jesus Cristo, Filho de Deus onipotente e eterno, Criador, Rei e Senhor da história, Supremo Legislador, de quem emana e depende todo poder: nós, homens e mulheres políticos católicos, sobre quem recai a carga do serviço à nação, imploramos a ajuda de Vosso Espírito para o exercício da política como ciência, arte e virtude, para edificar a justiça social e o bem-comum.

Dai-nos, Senhor, a graça de testemunhar, como Thomas More, a inalienável dignidade da consciência, sem abandonar a constante fidelidade à autoridade e às instituições, para que saibamos afirmar com nossa vida e com nossa morte que o ser humano não pode separar-se de Deus, nem a política da moral. Dai-nos fortaleza para animar com o espírito do Evangelho a ordem temporal, respeitando sua natureza e sua legítima autonomia. Infunde em nossos corações a humildade necessária para reconhecermo-nos servos inúteis e o valor e a perseverança necessários para fazer tudo como se tudo dependesse de nós, abandonando-nos em Vós porque tudo depende de Vós.

Ensinai-nos, Senhor, a ser congruentes, coerentes com nossa vida para que saibamos promover a verdade moral objetiva e irrenunciável que implica: defender a vida humana e sua dignidade desde a concepção até a morte natural; tutelar a família fundada por um homem e uma mulher e protegê-la em sua unidade e estabilidade; reconhecer a liberdade dos padres na educação de seus filhos; eliminar qualquer forma de escravidão ou discriminação das pessoas; impulsionar o direito à liberdade religiosa; desenvolver uma economia ao serviço da pessoa em um quadro de justiça, solidariedade e subsidiariedade e trabalhar incansavelmente pela paz que é sempre "obra da justiça e efeito da caridade".

Com o papa Clemente XI, pedimos-vos, Senhor, que nos ensineis a fazer a vossa vontade, querendo tudo aquilo que quereis Vós, precisamente porque o quereis vós, como vós o quereis e durante o tempo que Vós o queirais; que nos deis vossa graça para ser obedientes com nossos superiores, compreensivos com nossos colaboradores, solícitos com todas as pessoas e generosos com quem se diz nosso inimigo; que nos ajudeis a superar com austeridade o prazer, com generosidade a avareza, com amabilidade a ira e com fervor a tibieza; que saibamos ter prudência ao aconselhar, valor nos perigos, paciência nas dificuldades e simplicidade nos êxitos. Mostrai-nos, suplicamos-vos, como fazer da política um caminho de santidade, para que nunca nos envergonhemos de Vós diante do mundo, para que Vós, Senhor, não nos negueis diante do Pai.

Escutai-nos, Senhor, a fim de que nunca falte vossa luz a nossa mente, vossa força a nossa vontade e o calor de vossa caridade a nosso coração, para que amemos em verdade a quem servimos. Infundi-nos um sentimento vivo, atual e profundo do que é ordem social, pensado por Vós, fundado no direito natural; e fazei que um dia, justamente com aqueles a quem tivemos a missão de servir, possamos gozar de Vós sob o olhar amoroso de Vossa dulcíssima Mãe, Maria santíssima de Guadalupe, por toda a eternidade. Assim seja.

Oração rezada pelos representantes mexicanos de todas as orientações políticas que participaram na Eucaristia celebrada na Basílica de Guadalupe, dia 18 de junho, em honra ao patrono dos políticos e governantes, São Thomas More.