VOCÊ SABIA?

... O humor vítreo, líquido que preenche o globo ocular, mostrou ser a melhor alternativa para a análise da presença de drogas em corpos deteriorados ou em decomposição.

... O câncer de pulmão é um dos mais traiçoeiros e agressivos. Quando os primeiros sintomas surgem (tosse persistente, dor no peito, rouquidão e falta de fôlego, entre outros), a doença tende a estar em estágio avançado.

... De cada dez casos de câncer de pulmão, nove estão associados ao tabagismo. Quanto maior o tempo de vício, maiores os riscos de desenvolvimento da doença.

... Quem fuma há 45 anos tem 15 vezes mais probabilidade de ter câncer do que quem nunca fumou.

... Quem fuma há 30 anos tem 10 vezes mais probabilidade de ter câncer do que quem nunca fumou.

... Quem fuma há 15 anos tem 4 vezes mais probabilidade de ter câncer do que quem nunca fumou.

... Quem fuma há 10 anos tem 2 vezes mais probabilidade de ter câncer do que quem nunca fumou.

... As chances de um fumante ficar cego com a idade são quatro vezes maiores do que as de pessoas que não fumam.

... Os fumantes precisam repor 40% a mais de vitamina C do que não fumantes.

... O tabagismo mata 4 milhões de pessoas por ano; ou seja, uma a cada 8 segundos.

... o consumo habitual de fumo aumenta o risco de sofrer câncer de mama e elimina o efeito protetor do leite materno.

... São principalmente os consumidores eventuais que alimentam a milionária e violenta máquina do tráfico. Os dependentes são minoria. Por isso, os especialistas dizem: não há consumo de droga impune.

... Dos brasileiros, 11,6% com mais de 12 anos já usaram drogas.

... O dependente do cigarro perde 45 minutos por dia fumando.

... Uma mulher não fumante que convive com um fumante tem o dobro de chances de doença coronariana.

... Apesar de os fumantes passivos inalarem apenas 1% da fumaça dos cigarros, seu risco de doença cardíaca aumenta em 23%.

... Do total de vítimas de tumor no pulmão, 90% são fumantes e 5%, fumantes passivos.

... Mais de 95% dos usuários de nicotina começam a fumar antes dos 25 anos.

... De cada dez jovens que experimentam drogas, um vai se tornar dependente, dizem os estudiosos no assunto.

... Estudos mostram que os pais demoram em média dois anos para perceber que o filho é dependente.

... Os Bebês nascidos de mamães que fumam, apresentam menor peso ao nascer (em média, 200 gramas mais leves).

... Mal formação no feto, abortamentos e nascimentos prematuros ocorrem com maior freqüência em gestantes que fumam.

... O hábito de fumar de um adulto pode levar uma criança a imitá-lo. Foi observada uma maior incidência do hábito de fumar em adolescentes e jovens adultos provenientes de domicílios onde pais e outros familiares fumavam.

... Em domicílios em que pais e outros familiares fumam, as crianças passam a inalar continuamente substâncias tóxicas do tabaco; ao final do dia podem ter inalado o equivalente à fumaça de 1 ou mais cigarros.

... A nicotina também está presente no leite materno de mamães fumantes. Nesses casos, após cada mamada, o bebê poderá apresentar agitação, choro, vômito e até mesmo alterações de seu ritmo cardíaco.

... O fumo é responsável por 25% das mortes do mundo e mata por ano 3 milhões de pessoas.

... O álcool é a droga lícita que abre as portas para as ilícitas.

... Um, em cada dez usuários de álcool, se torna dependente da droga.

... O abuso do álcool causa 350 doenças físicas - entre elas, cirrose e câncer de fígado - e psíquicas.

... O alcoolismo é a terceira doença que mais mata no mundo.

... Mais de 90% dos fumantes são dependentes da nicotina e tornam-se dependentes antes dos 18 anos.

... A gestante fumante tem maior chance de abortar, de ter filho prematuro, de baixo peso e de morte do filho no período perinatal.

... As crianças que convivem com pais fumantes têm maior risco de infecções respiratórias, bronquiolites, asma, otites e infecções da garganta (amigdalites).

... O fumante passivo tem maior risco de câncer no pulmão e infarto do miocárdio.

... As pessoas que estão próximas dos fumantes, especialmente em ambientes fechados, inalam mais de 400 substâncias que podem prejudicar a saúde.

... Filhos de viciados em Maconha, podem nascer com defeitos congênitos, pois alteram a forma de seus cromossomos.

... Na mulher, o uso de Maconha, perturba o ciclo menstrual e altera o metabolismo da ovulação resultando períodos imprevisíveis de infertilidade.

... Espermas de homens viciados em Maconha, revelam menor numero de espermatozóides e maior numero de defeitos genéticos.

... O uso de maconha afeta a produção de espermatozóides e óvulos.

... Fumar aumenta as complicações pós-operatórias, especialmente em idosos, obesos e pacientes em tratamento de doenças cardíacas ou respiratórias.

... Fumar prejudica o tratamento de doenças como gastrite, úlcera péptica, esofagite de refluxo, angina, insuficiência cardíaca, bronquite, enfisema e asma.

... A chance de viver até os 73 anos é de 42% em fumantes e 78% em não-fumantes.

... Fumar aumenta o risco de infertilidade e de complicações na gravidez.

... Fumar eleva o risco de rugas prematuras e de celulite e interfere na cicatrização de feridas cirúrgicas.

... Cocaína na gravidez causa perda de neurônios em cérebro de bebê.

... Divulgado em janeiro de 2001, o relatório da ONU afirma que 4,2% de toda a população mundial acima de 15 anos consome drogas, cerca de 180 milhões de pessoas.

... Aproximadamente 4.700 substâncias tóxicas já foram encontradas no cigarro (nicotina, alcatrão, amônia, monóxido de carbono, agrotóxicos, substâncias radioativas e muitas outras).

... O tabagismo diminui a fertilidade, a idade de menopausa natural e o peso corporal.

... Cerca de 90% dos casos de morte por câncer no sistema respiratório são causados pelo tabagismo.

... A nicotina é a droga do tabaco responsável pela dependência.

... Os processos farmacológicos e suas conseqüências no comportamento, causados pela dependência do tabaco, são similares àqueles que determinam a dependência da heroína e da cocaína.

... De todos os fumantes que tentam parar de fumar pela primeira vez, apenas 17,2% conseguem largar o vício.

... Os consumidores crônicos de maconha sofrem de perda de memória e desvios da atenção.

... 20% das internações psiquiátricas em 1999 foram causadas pelo consumo de álcool e custaram aos cofres públicos R$57 milhões.

... 90% dos fumantes brasileiros se tornam dependentes ainda crianças e adolescentes, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca)

... Segundo a Organização Mundial de Saúde, a cada 10 segundos alguém morre precocemente devido aos efeitos do tabagismo.

... A nicotina é uma droga mais letal que a maconha e vicia com mais facilidade que a heroína.

... Quem usa maconha tem 56% mais chances de vir a consumir outro tipo de droga.

... O Brasil já é o segundo maior consumidor de drogas do mundo, só perdendo para os Estados Unidos da América (EUA)

... Alguns fortificantes como o "Biotônico Fontoura" tem teor alcoólico de 9,5%

... Os fumantes passivos se equivalem a fumantes que consomem 10 cigarros por dia.

... Mais de 200 tipos de cânceres têm forte relação com o tabaco, que comumente provoca problemas cancerígenos no pulmão, mama e próstata.

... O tabaco causa 25 tipos de doenças.

... O Brasil tem 30,6 milhões de fumantes e o cigarro mata 80 mil por ano.

... Um pequeno chumaço de fios de cabelo, de 15 centímetros, pode revelar que o investigado usa droga há dez meses.

... Atualmente, quase 14 milhões de americanos, um em cada 13 adultos, abusam do álcool ou são dependentes do álcool.

... As mulheres têm um risco ainda maior de desenvolver câncer de mama se beberem dois ou mais drinques por dia.

... Cerca de 10 a 20% de bebedores pesados desenvolvem cirrose alcoólica, ou degeneração do fígado.

... A hepatite e a cirrose alcoólica podem levar à morte se o indivíduo continuar a beber.

... Crianças que nascem com problemas devido à bebida podem ter problemas de aprendizado e de comportamento para toda a vida.

... O álcool reage negativamente com mais de 150 medicamentos.

... A cafeína causa dependência psicológica.

... Fumar mata mais americanos a cada ano do que álcool, cocaína, crack, heroína, homicídio, suicídio,acidentes de carros, incêndios e AIDS combinados.

... A nicotina produz dependência mais rápido do que a cocaína e crack.

... A maconha foi confirmada como um trampolim para as drogas mais pesadas.

... O crack é cinco a sete vezes mais potente do que a cocaína.

... Apenas um cigarro é suficiente para contrair todos os vasos sanguíneos do corpo

... Os efeitos sedativos dos inalantes combinados aos do álcool podem causar morte súbita.

... Um comprimido de ecstasy equivale a 6 horas de euforia e uma semana de depressão e insônia.

... 20 mil brasileiros morrem a cada ano, em decorrência do consumo de tóxicos ou de crimes relacionados com o tráfico.

... A maconha é dez vezes mais cancerígena que o cigarro.

... 150 mil óbitos/ano por alcoolismo nos USA.

... As drogas circulam de maneira previsível pelo corpo e ganham maior velocidade e alcance a partir do momento em que entram na corrente sanguínea.

... 27,5% dos pacientes tiveram problemas com drogas mais de um ano antes dos primeiros sintomas da esquizofrenia.

... Pílula anticoncepcional e cigarro definitivamente não combinam. O anticoncepcional deixa o sangue mais viscoso, mais pegajoso. Já o cigarro obstrui as paredes do vaso, aumentando muito o risco de trombose e embolia pulmonar.

... Dirigir sob o efeito de maconha pode triplicar o risco de se envolver em um acidente fatal de trânsito.

... As crianças pequenas que são expostas a fumaça dos fumantes têm um índice maior de cáries dentais que os que não estão expostos a esta substância nociva.

... Inalantes: É a famosa cola de sapateiro, dos meninos de rua. Produz sensação de euforia e excitação, perturbações auditivas, visuais e até alucinações.

... Barbitúricos: São os calmantes e sedativos, provocam alterações na capacidade de raciocínio, concentração e coordenação motora.

... O alcoolismo é a terceira doença que mais mata no mundo.

... As principais causas de morte por álcool são: - Acidentes automobilísticos; - Cirrose hepática; - Suicídio.

... A depressão no alcoolista é muito freqüente e a taxa de suicídio entre eles é 60 a 120 vezes maior que na população geral. Ansiedade e quadros psicóticos provocados pelo álcool também são muito comuns.

... Você sabia que as internações por transtornos mentais e de comportamento devido ao uso de álcool e outras drogas são mais freqüente entre os homens comparados às mulheres? As internações para o sexo masculino correspondem a 90,5% do total das internações.

... O consumo de pelo menos uma vez na vida de crack e cocaína é muito menor entre adolescentes que estão nas escolas do que entre crianças e adolescentes em situação de rua. Enquanto que para estas últimas 24,5% já a utilizaram pelo menos uma vez na vida.

... O crack produz uma síndrome de hiperexcitabilidade nos bebês, qualquer toque na pele dessas crianças provoca dores insuportáveis e tremores; elas também são muito sensíveis à luz.

... O êxtase acelera o funcionamento do organismo, podendo fazer a temperatura chegar acima de 40º C. Quando associado a dança e pouca ingestão de água, pode levar a morte.

... Muita cafeína, por exemplo cinco xícaras diárias de café com 150 ml, aumenta o risco de aborto espontâneo, o que pode ocorrer nas primeiras vinte semanas de gravidez.

... Novos tipos de ecstasy, com potência até 5 vezes maior, aumentam o risco de danos neurológicos em usuários ocasionais.

... Cerca de 8% dos jovens de classe média usam algum tipo de droga periodicamente no Brasil.

... Câncer na Boca: Cigarro é responsável por 80% dos casos.

... Em todo o País são mais de 35 milhões de fumantes e a cada ano 200 mil brasileiros morrem em decorrência do tabaco.

... O tabaco já fez mais vítimas que todas as guerras juntas: 5 milhões de mortos por ano.

Fonte: Site antidrogas