AS   IMAGENS

Muitos são aqueles que criticam a nossa Igreja, ou seja, usam de artifícios e questionamentos falsos para afastar cristãos da fé católica. Um desses questionamentos feitos por nossos irmãos separados, é a adoração de imagens que dizem ser feitas por nós católicos. Esses questionamentos são absolutamente incorretos, pois o que fazemos não é adorar imagens, mas sim homenagear as pessoas que serviram à Deus e estão esculpidas nas imagens.

Para entender melhor, é importante diferenciarmos o que é "adoração" e "veneração".

Adoração é um ato de amor direcionado à Deus, somente ao Senhor. Veneração é um ato de amor direcionado aos santos e personalidades históricas (Tiradentes, Pedro Alvares Cabral, Cristóvão Colombo, Airton Senna).

A imagem esculpida de um santo, serve para que nos lembremos dele, e não nos prostrarmos em atitude de adoração. Muitos são os ignorantes que não entendem esta diferença entre adoração e veneração.

Muitos protestantes se apoiam em uma outra passagem que está no livro do Êxodo, capítulo 20, versículo 4: "Não farás para ti escultura, nem figura alguma do que está em cima, nos céus, ou embaixo, sobre a terra, ou nas água, debaixo da terra".

Devemos, primeiramente, saber interpretar as passagens que estão nas Escrituras.

O grande erro dos protestantes e dos chefes dessas igrejas é a livre interpretação bíblica, ou seja, o fiel lê e entende da maneira que deseja a Palavra de Deus.

A passagem que lemos acima é escrita com um sentido diferente ao que parece. Pensemos: se Deus diz a Moisés que nenhuma figura ou imagem das coisas do céu e da terra devem ser construídas, então, nós como cristãos estamos errando gravemente quando usamos máquinas fotográficas e filmadoras, pois construímos através delas figuras e imagens do que está na terra.

É claro que não devemos levar essa passagem ao pé da letra, pois o próprio Deus pediu que construísse dois querubins na construção da arca da aliança (Ex 25,18).

Logo, podemos chegar a conclusão que a veneração aos santos são atos que nós, cristãos, realizamos para a nossa própria santificação. Pois quando somos devotos a um santo ou santa, procuramos também imitá-lo(a) em suas atitudes. Os santos são grandes cristãos que viveram a serviço do Senhor e foram canonizados e colocados nos altares das Igrejas para serem homenageados e venerados por todos.