CONGREGAÇÕES E ORDENS RELIGIOSAS
na Igreja Católica

Ao longo da história da Igreja, desenvolveram-se os frutos do Espírito Santo já prometidos por Cristo (Jo 16, 12). Um desses grandes frutos foi o surgimento de Ordens, Congregações e outras instituições de vida consagrada que formam uma enorme família de diferentes carismas dentro da Igreja de Cristo. Conheçamos juntos um pouco de suas histórias.

Congregação da Sagrada Família

Foi fundada em 3 de maio de 1816, na cidade de Villefranche de Rouergue, França, por Santa Emília de Rodat e Padre Marty. O objetivo dessa congregação é o de educação e assistência à saúde. Chegaram ao Brasil em 29 de maio de 1902, fundando uma sede em Recife.

Congregação da Sagrada Família de Bordéus

Instituição feminina conhecida como “Irmãs da Esperança”, fundada em 28 de maio de 1820, em Bordéus, França, pelo padre Pedro Bencindo Noailles. A finalidade dessa instituição é a educação de crianças em escolas e orfanatos, em hospitais e a domicílio. Chegaram ao Brasil em 1º de setembro de 1908. A província tem sede em São Paulo.

Congregação da Sagrada Família Nazaré

Essa instituição foi fundada em 1900, em Bréscia, na Itália, pelo padre João Piamarta. Tem como finalidade a educação de órfãos e desamparados e mantém institutos de artes e agrícolas. Chegou ao Brasil em dezembro de 1957.

Congregação da Santíssima Cruz e Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo

Há duas congregações com essa mesma denominação. A primeira é também conhecida por Passionistas e foi fundada em 22 de novembro de 1720, em Monte Argentário, na Itália, por São Paulo da Cruz. Sua finalidade é propagar pelo mundo a Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. Chegou ao Brasil em 8 de setembro de 1911, e seus padres possuem diversas províncias.

A segunda é uma instituição religiosa fundada em 3 de maio de 1771, na Tarquinia, Itália, por São Paulo da Cruz e madre Crucifixa de Jesus. Promove retiros espirituais para senhoras e moças e catecismo, e sua a finalidade é a vida contemplativa. Chegou ao Brasil em 2 de fevereiro de 1973.

Congregação das Filhas da Divina Providência

Congregação religiosa brasileira fundada em 16 de julho de 1946, em São Paulo, por dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Mota e madre Agnela de São José. Sua finalidade é dar assistência material e espiritual às crianças pobres, aos doentes e aos idosos desamparados.

Congregação das Filhas de Jesus

Instituto religioso feminino fundado em Salamanca, na Espanha, no dia 8 de dezembro de 1871, pela madre Cândida Maria de Jesus, e tem como finalidade a educação e missões. Essa congregação chegou ao Brasil em 8 de dezembro de 1911.

Congregação das Filhas de Nossa Senhora do Monte Calvário

Essa congregação tem como finalidade a educação, assistência à saúde e assistência social. É uma instituição religiosa feminina fundada por Virgínia Centurione Bracelli, em outubro de 1643, na cidade de Gênova, Itália. Chegou ao Brasil no dia 2 de fevereiro de 1928.

Congregação das Filhas de São José

Instituição religiosa feminina, que foi fundada em 30 de abril de 1850, em Veneza, na Itália, pelo mons. Luís Carbulato e madre Joseffa Vendramini. As irmãs chegaram ao Brasil em 12 de junho de 1927 e têm como finalidade a educação.

Congregação das Irmãs Agostinianas Missionárias

Instituto religioso feminino fundado em Madrid, na Espanha, em 6 de maio de 1890, pelo padre Salvador Font. A. A. e Madre Maria Paz Hernández. Tem como finalidade a educação feminina e missões. Chegaram ao Brasil em 29 de abril de 1921.

Congregação das Irmãs Auxiliadoras de Nossa Senhora da Piedade

Instituição religiosa feminina brasileira fundada em Minas Gerais, na Serra da Piedade, no dia 28 de agosto de 1892. Foi fundada pelo mons. Domingos Evangelista Pinheiro com a finalidade de educação e assistência a idosos e doentes.

Congregação das Irmãs Beneditinas da Divina Providência

Instituto religioso feminino italiano fundado em Pávia, em maio de 1849, pelas irmãs Justina e Josefina Schiapparpli, que tem como finalidade amparar meninas abandonadas, catequizar e assistir a saúde. Chegaram ao Brasil em 28 de fevereiro de 1936.

Congregação das Irmãs Carmelitas da Divina Providência

Instituto religioso feminino brasileiro fundado no Rio de Janeiro por Dom João Francisco Braga e madre Maria das Neves, em dezembro de 1899. Tem como finalidade amparar crianças pobres, idosos e assistir a saúde.

Congregação das Irmãs Catequistas

Instituto religioso feminino brasileiro fundado em Rodeio, Santa Catarina, por Frei Policarpo Shuen e frei Modestino Oechtering, em 1913. Sua finalidade é o ensino da doutrina cristã, trabalhando em diversas escolas.

Congregação das Irmãs da Divina Providência

Instituto religioso feminino alemão fundado em 3 de novembro de 1842, em Münster, pelo padre Eduardo Michelis. Sua finalidade é dar educação, assistência a órfãos, mendigos, doentes e débeis mentais. As irmãs chegaram ao Brasil em 27 de março de 1895.

Congregação das Irmãs da Providência

Instituto religioso feminino francês, de Lorena, fundado em 1762 pelo beato João Martinho Moye. Tem como finalidade a educação e cuidado de doentes e pobres. Chegaram ao Brasil em 29 de julho de 1904.

Congregação das Irmãs de Nossa Senhora da Imaculada Conceição   

Instituição religiosa feminina francesa fundada em Castres, em 8 de dezembro de 1836, por Emile de Villeneuve. Sua finalidade é relacionada a educação e assistência social. Chegaram ao Brasil em 26 de outubro de 1904.

Congregação das Irmãs de Nossa Senhora do Calvário

Essa instituição religiosa feminina também é conhecida como as Calvarinas e foi fundada em 15 de outubro de 1833, em Lot, na França, pelo cônego Pedro Bonhomme. Sua finalidade é a educação de surdos- mudos, o cuidado de pobres e doentes em asilos, hospitais e a domicílio. A congregação chegou ao Brasil em 1908.

Congregação das Irmãs de Santa Catarina, Virgem e Mártir

Entidade religiosa feminina alemã de Braunsberg, fundada em 1571 pela madre Regina Protmann. Sua finalidade é a educação e obras de caridade especialmente direcionadas aos enfermos. Chegaram ao Brasil em 16 de junho de 1897.

Congregação das Irmãs de Santa Clara

Instituição religiosa feminina fundada em Fiuggi, na Itália, no dia 10 de junho de 1741, pelas irmãs Antônia, Teresa e Cecília Faioli. As irmãs têm como objetivo a educação, a realização de diversas obras sociais e a fundação de casas de retiro. Chegaram ao Brasil em 19 de janeiro de 1962.

Congregação das Irmãs de São José de Chambéry

Instituição religiosa feminina francesa fundada em 13 de outubro de 1650, na cidade de Puy-em-Velay, por dom Henrique de Maupas e pelo padre Jean Pierre Médaille. Sua finalidade é a de educar, dar assistência à saúde e realizar obras sociais. Vieram para o Brasil em 4 de outubro de 1858.

Congregação das Irmãs de José Cluny

Instituição religiosa feminina fundada em Chalon-sur-Saône, França, no dia 12 de maio de 1807, por Ana Maria Javouhey com as finalidades de educação, assistência à saúde, obras sociais e paroquiais. Chegaram ao Brasil em 1960.

Congregação das Irmãs de São Vicente de Paulo de Gysegem

Instituição religiosa feminina fundada em Gysegem, na Bélgica, no dia 21 de janeiro de 1818, pela baronesa  Candele de Gysegem. A finalidade da congregação é de educação, assistência à velhice desamparada e aos órfãos. Chegaram ao Brasil em marca de 1896.

Congregação das Irmãs do Sacré Coeur de Marie

Educandário religioso feminino fundado em 24 de fevereiro de 1849, em Béziers, na França. Seus fundadores foram o padre Pedro Antônio Gailhac e madre S. Jean Pelissier Cure e tinham a educação como finalidade. As irmãs chegaram ao Brasil em 11 de março de 1911.

Congregação das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora Aparecida

Instituição religiosa feminina brasileira fundada em Porto Alegre, no dia 24 de junho de 1928, por dom João Becker, com a finalidade de educação, assistência à saúde, apostolado entre os pobres e abandonados e catequese nas paróquias.

Congregação das Irmãs Franciscanas de São José

Instituição religiosa feminina holandesa fundada em 28 de outubro de 1867 pela madre Alfonsa Kuborn, com a finalidade de educação, assistência a enfermos, crianças e pobres. Chegaram no Brasil em 17 de fevereiro de 1926.

Congregação das Irmãzinhas de Assunção

Instituição religiosa feminina francesa fundada em Paris, em 1865, pelo padre Etinne Pernet e madre Marie de Jesus com a finalidade de regeneração da família operária, de enfermagem domiciliar gratuita e de assistência social. Chegaram ao Brasil em 19 de novembro de 1949.

Congregação das Servas do Santíssimo Sacramento

Foi fundada em Paris por São Pedro Julião Eymard, no dia 2 de julho de 1858, com a finalidade de adoração perpétua ao Santíssimo Sacramento.

Congregação da Casamari da Sagrada Ordem Cisterciense

Instituição religiosa masculina conhecida também como Ordem Cisterciense, que foi fundada em 1152 e tem sede em Abbazia di Casamari, Itália. Chegaram ao Brasil em 1950 e mantêm um mosteiro em Minas Gerais.

Congregação de Santa Cruz

Instituição religiosa masculina francesa fundada em Lê Mans, no ano de 1837, pelo padre Basile Antoine Marie Moreau. Tem como finalidade a santificação das almas pelo ministério eclesiástico, especialmente a pregação, das missões entre os fiéis, a educação e ensino, a ação católica e o apostolado pela imprensa. Os padres chegaram ao Brasil em 8 de janeiro de 1944.

Congregação de São Bernardo da Sagrada Ordem Cisterciense

Instituição religiosa masculina italiana fundada em 23 de dezembro de 1497. Chegaram ao Brasil em 1949.

Congregação de São José da Aparição

Essa congregação religiosa foi fundada em 1832, por Emile de Vilar e foi uma das primeiras a trabalhar na Terra Santa, respondendo a um apelo do Patriarca Latino Giuseppe Valerga. As irmãs fundaram escolas, hospitais e clínicas em Jerusalém, Belém, Nazaré, Jaffa, Ramleh, Nablus, Abu-Gosh, Ramalha, Ibelin e Milya.

Congregação do Espírito Santo e do Imaculado Coração de Maria

Instituição religiosa masculina francesa fundada em Paris pelo padre Claude Poullart dês Places, em 20 de abril de 1703. A finalidade dessa congregação é a conversão dos infiéis de raça negra. Chegaram ao Brasil em 1º de dezembro de 1885.

Congregação do Imaculado Coração de Maria

Instituição religiosa masculina fundada em Bruxelas, na Bélgica, em 1862, pelo padre Théophile Verbsit com a finalidade de conversão dos infiéis e da salvação das almas. Chegaram ao Brasil em 12 de outubro de 1963.

Congregação do Santíssimo Redentor

Instituição religiosa masculina, também conhecida como Redentoristas, fundada em 9 de novembro de 1732, em Scala, na Itália, por Santo Afonso de Liguori, e tem a finalidade voltada ao apostolado missionário. Chegaram ao Brasil em 1893.

Congregação dos Irmãos Pobres de São Francisco

Instituição religiosa masculina alemã fundada em Aschen, no dia 25 de dezembro de 1857, pelo frei Hoever com finalidade da educação e formação de meninos pobres e desamparados. Chegaram ao Brasil em  26 de maio de 1934.

Congregação dos Missionários da Imaculada Conceição

Instituição religiosa masculina francesa fundada em Garaison, em 31 de maio de 1836, pelo padre João Luís Peydessus, com a finalidade de atender os santuários de peregrinação, de educar a juventude, de pregação de retiros e obras de ação católica. Chegaram ao Brasil em 1956.

Congregação dos Missionários de Nossa Senhora da Salete

Essa instituição religiosa masculina também é conhecida por Salentinos e foi fundada em maio de 1852, na Montanha de Salete, na França, por dom Philibert de Bruillard, bispo de Grenoble. Sua finalidade é  propagar a devoção de Nossa Senhora de Salete, a custódia de santuários, as missões, os exercícios espirituais e o ministério paroquial. Chegaram ao Brasil em dezembro de 1902.

Congregação dos Missionários de São Francisco de Sales

Instituição religiosa masculina francesa fundada em Annecy, em 24 de outubro de 1838, pelo padre Pierre Mermier. A congregação tem as missões, retiros espirituais, ministério paroquial e a educação como finalidade. Chegaram ao Brasil em novembro de 1926.

Congregação dos Oblatos de Maria Imaculada

Instituição religiosa masculina francesa fundada em Aix-em-Provence, por dom Charles Eugène Joseph de Maxenod, em 21 de janeiro de 1816. Sua finalidade são as missões, a direção de seminários, a educação de juventude e direção de paróquias. Chegaram ao Brasil em 15 de setembro de 1945.

Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria

Instituição religiosa masculina espanholaa fundada em Barcelona, no dia 16 de julho de 1849, por Santo Antônio Maria Claret, com a finalidade voltada ao apostolado missionário e para a educação. Os padres chegaram ao Brasil em 19 de novembro de 1895.

Congregação dos Missionários Libaneses

Instituição religiosa masculina libanesa fundada em 1861, em Djunich, por dom Paulo Habib, bispo maronista, com a finalidade de missões apostólicas e de instrução da juventude. Os padres chegaram ao Brasil em 20 de junho de 1931.

Congregação dos Oblatos de Maria Virgem

Instituição religiosa masculina italiana fundada pelo padre Pio Buenone Lanteri em Pinerolo, no ano 1815, com a finalidade de exercícios espirituais e missões, da formação e educação do clero, dirigindo seminários e apostolando pela imprensa. Os padres chegaram ao Brasil em junho de 1947.

Congregação dos Religiosos de São Vicente de Paulo

Instituição religiosa masculina francesa fundada em Paris pelo padre Leon de Prevost no ano de 1845. Sua finalidade é o apostolado junto à classe operária e aos pobres, de círculos operários e de assistência à juventude e crianças abandonadas. Os padres chegaram não Brasil em janeiro de 1958.

Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus

Instituição religiosa masculina também conhecida como Padres do Sagrado Coração de Jesus. Foi fundada em 28 de julho de 1878, em Saint-Quentin, França, pelo padre Leão João Dehon. Seu objetivo principal é o da devoção ao Sagrado Coração e Jesus, do apostolado no meio urbano e rural e da educação de jovens. Chegaram ao Brasil em fevereiro de 1893, mantendo casas em São Paulo e Recife.

Congregação dos Sacerdotes do Santíssimo Sacramento

São os conhecidos “Padres Sacramentinos” ou do “Santíssimo Sacramento”, instituição fundada em Paris, em 13 de maio de 1856, por São Pedro Julião Eimart. Sua finalidade é a da adoração perpétua ao Santíssimo Sacramento e a do ministério sacerdotal. Chegaram ao Brasil em 3 de maio de 1926, estabelecendo-se principalmente no Rio de Janeiro.

Congregação  Mariana

Trata-se de uma instituição fundada pela Companhia de Jesus (Jesuítas) com a finalidade de fomentar a devoção à Bem Aventurada Virgem Maria e da santificação dos leigos em todo mundo. A primeira Congregação Mariana foi fundada em Roma, no ano de 1563. O Papa Gregório XIII aprovou-a definitivamente em 1584. Cada congregação possui autonomia em sua própria região, mas são todas agregadas à “Prima Primária de Roma”, com sede na Igreja de Santo Inácio de Loyola. (veja o verbete “Congregações Marianas” mais adiante)

Congregação Vallombrosa da Ordem de São Bento

Antiga instituição católica fundada em 1015 por João Gualberto, em Valombrosa, Itália. Sua finalidade é a de apostolado Monástico, em todas as formas permitidas pela lei da Igreja. No Brasil chegaram apenas em 1949, possuindo um mosteiro em São Paulo, procedente de Florença.

Congregações Marianas

Consistem em associações católicas que têm Maria como finalidade de devoção. Foram aprovadas em 1584, pelo papa Gregório XIII e em 1587 foram compostas as primeiras regras que declaram padroeira Nossa Senhora da Anunciação. No Brasil houve grande expansão do culto até a expulsão dos jesuítas em 1759, o que fez com que elas, praticamente, desaparecessem, voltando mais de um século depois, em 1870. Em 1937, fundou-se a Confederação Nacional, que é uma entidade coordenadora e orientadora. A restauração da Companhia de Jesus em 1814 tornou possível o florescimento das congregações. A primeira congregação Mariana feminina fundada no Brasil foi no Pará, em 1722. As Congregações Marianas no Brasil conheceram seu auge na primeira metade do século XX.

Instituto da Filha de Maria Auxiliadora

Também conhecidas como “Irmãs salesianas de dom Bosco”. Foi fundado em 5 de agosto de 1872, em Piemonte, na Itália, por São João Bosco e Santa Maria Domingos Mazzarello. Esse instituto tem como finalidade educar meninas, especialmente as desprovidas de meios. Chegaram ao Brasil em 5 de março de 1982. Possuem diversas casas em diferentes dioceses espalhadas pelo Brasil.

Instituto das Filhas de Maria Servas da Caridade

Foi fundado em 8 de dezembro de 1928, em Recife, Pernambuco, Brasil, pelo padre José Venâncio de Melo e madre Mercedes da Rocha Carvalho e tem como finalidade amparar e educar crianças pobres e abandonadas e dar assistência à velhice desamparada. A casa geral está situada em Recife, possuindo casas em algumas dioceses no Brasil.

Instituto das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor

Esse instituto é espanhol, fundado em Madrid, no dia 1º de junho de 1864, por dom José Maria Serra e Antônia Maria de Onio y Schontal, e têm como finalidade a preservação e recuperação de moças. As irmãs chegaram ao Brasil a 31 de janeiro de 1935. Sua casa geral situa-se na Espanha. Possuem uma sede regional em São Paulo.

Instituto das Irmãs Sacramentinas

Foi fundado a 8 de dezembro de 1882, em Bérgamo, na Itália, pela madre Gertrude Comensoli e tem como finalidade a adoração a Jesus Sacramentado e educação. Chegaram ao Brasil em 14 de agosto de 1947. Sua sede geral se encontra na cidade de Contagem, MG.

Instituto dos Irmãos da Sagrada Família

Instituto francês fundado em Belley, no ano de 1841, pelo irmão Gabriel Taborin, com a finalidade de instrução e educação cristã à juventude em escolas, cooperação com os vigários, cuidado dos altares, sacristias e santuários. Chegaram ao Brasil no dia 12 de dezembro de 1963. A casa geral situa-se em Belley, França.

Instituto dos Irmãos de Maria do Apostolado Católico

Instituição alemã fundada na cidade de Dachau, no dia 16 de julho de 1942, pelo padre José Kentenich, com a finalidade de apostolado leigo. Chegaram ao Brasil a 4 de outubro de 1952. A casa geral fica na Alemanha. Possuem diversas casas espalhadas pelo Brasil.

Instituto dos Irmãos Maristas

Foi fundado pelo padre Marcellin Champagnat com a finalidade de instrução e educação da juventude. Com Casa geral em Roma, na Itália, os irmãos chegaram ao Brasil a 15 de outubro de 1897. Os Irmãos Maristas possuem muitas escolas e colégios espalhados por todo o Brasil. Suas iniciativas educacionais são bastante conhecidas. Padre Marcellin Champagnat foi beatificado pelo Papa João Paulo II em 1999.

Instituto Secular das Irmãs de Maria de Schonstatt

Instituto alemão fundado na cidade de Rhein, no dia 1º de outubro de 1926, pelo padre José Kentenich com a finalidade de obras de educação e assistência social, visando à formação mariano-apostólica do sexo feminino. Chegaram ao Brasil no dia 10 de junho de 1935, procedentes da Alemanha, onde possuem sua casa geral. Sua ereção no Brasil se deu em 1947. Possuem casas em diversas dioceses do Brasil.

 

Ordens religiosas tradicionais

Beneditinos

Aqui no ocidente, o principal introdutor do monaquismo foi o grande São Bento de Núrcia, considerado o Pai de todos os monges europeus.

São Bento nasceu em 484 e desde jovem estudou em Roma. Após alguns anos, já detentor de forte conhecimento doutrinário e filosófico, transferiu-se para as montanhas e grutas de Subiaco, onde viveu como eremita durante vários anos.

Sua fama de santidade logo atraiu muitos jovens sequiosos de aprender e seguir os passos do mestre. Fundou assim, 12 comunidades monásticas desenvolvendo conjuntos de Regras de vida para os monges, que ficaram conhecidas como “Regra de São Bento”. São Bento é o Pai da Ordem dos “Beneditinos”, uma família de almas espalhadas pelo mundo inteiro e que gerou muitos santos e sábios e Papas para a Igreja de Cristo. São Bento morreu em 547.

Dominicanos

São Domingos nasceu na cidade de Caleruega na Castela Velha, em 1170, e morreu em Bolonha, a 6 de agosto de 1221. Dono de um caráter fino e instruído, sua grande cultura foi conhecida por grandes nobres e prelados de sua época. Foi sacerdote e cônego de Osma, distinguindo-se por sua retidão e espírito de sacrifício. São Domingos teve a idéia de fundar sua própria ordem, a dos frades pregadores ou “Dominicanos”, como são comumente conhecidos. Um dos principais carismas dessa ordem é o amor à cultura e à pobreza. Seu movimento foi reconhecido oficialmente pelo Papa Honório III, que lhes aprovou a Regra da nova Ordem. Aconteceu aqui o mesmo que com os Beneditinos. Muitos Papas e Santos saíram dos monastérios dos Dominicanos, inclusive o grande São Tomas de Aquino.

Franciscanos

A grande família franciscana nasceu no mesmo período que os Dominicanos. São Francisco nasceu na cidade de Assis, no ano de 1182, e morreu também nessa cidade em 1224. É um dos santos mais conhecidos e populares. Em 1205, enquanto rezava na igreja de São Damião ouviu o próprio Cristo, que lhe pediu: “Vá escorar minha Igreja que está desabando”. Fundou então a “Ordem dos Frades Menores” com autorização do Papa Inocêncio III. No ano de 1220, redigiu ele mesmo a “Regra Definitiva”, que está em vigor até aos dias de hoje. A Ordem dos Franciscanos espalhou-se rapidamente pelo mundo inteiro com grande trabalho apostólico. Muitos outros santos saíram de suas fileiras, sendo o mais importante deles o grande Santo Antônio.

Companhia de Jesus – Jesuítas

A grande Ordem da Companhia de Jesus ou jesuítas, como são mais conhecidos, nasceu na Espanha, no ano de 1540, fundada por Santo Inácio de Loyola. Por sua vez, Inácio nasceu em 1491, na localidade de Azpzitia, País Basco. Sendo ferido na perna, numa batalha em Pamplona, em defesa  do rei da Espanha passou a ler a Vida de Cristo tendo forte conversão. Estudou em Paris, visitou a Terra Santa e terminou seus estudos em Barcelona e Alcalá. Em Paris, resolveu fundar a nova Ordem, que tinha por lema: “Para Maior Glória de Deus”. O nome “Companhia de Jesus” se refere a serem tidos como “Soldados de Cristo”. O livro básico da Ordem é o conhecido “Exercícios Espirituais”, escritos pelo próprio Santo Inácio. Outra característica da Ordem é a total submissão ao Santo Padre o Papa, o que é sempre muito importante, principalmente numa época, como a em que viveu Santo Inácio, onde o protestantismo ganhava forte impulso em paises como a Alemanha.

Como dissemos no início dessa página, as Ordens e as Congregações religiosas formam uma grande e maravilhosa família de dons que enriquecem os carismas de toda a Igreja de Cristo. Rezemos sempre para que Deus se digne  nos dar cada vez mais vocações verdadeiras, para aumentarmos ainda mais a família de Deus.

Ivan Rojas