Os  anjos

Anjos são seres criados de natureza puramente espiritual, servos de Deus , fiéis cumpridores da Sua vontade perfeita; auxiliando-O no governo do mundo. Eles resplandecem, em sua beleza, a glória divina. Louvam a Deus sem cessar, e também a toda a Igreja celeste pela glória em que vive . Provavelmente foram criados logo após a criação do céu.

Foram anjos rebeldes, anjos apóstatas, os responsáveis pela introdução do mal no mundo, quando Adão e Eva foram tentados e cederam ao mal, livre e conscientemente.

Os anjos não se reproduzem e nem morrem, alguns deles são responsáveis pelo governo de regiões do mundo e também pela guarda dos seres humanos.

Até sairmos do ventre das nossas mães, o nosso anjo da guarda é o mesmo da nossa mãe . Os anjos oferecem bons pensamentos aos homens (At. 8,26; 10,3ss); inspirando desejos bons, no interior de nossas almas . Eles protegem os homens dos maus pensamentos, das doenças, iluminam a inteligência humana para as verdades de Deus. Defendem os homens dos diversos perigos da vida na terra e enfrentam as ameaças de satanás , intercedendo por todos que necessitam (Ap. 8,3; Tb. 12,12). Também aplicam penas medicinais para nos corrigir (2Sam. 24,16).

Evidentemente, não podem contrariar a vontade livre do homem , quando este não decide cooperar com Deus. Além dos anjos da guarda , podemos ser protegidos por outros anjos.

Os anjos podem exercer essas atribuições porque receberam autoridade de Deus para tal. Deus, não obstante, é absolutamente livre e soberano, para interferir diretamente na realidade criada .

Pessoas muito santas podem ter acesso à visão espiritual dos anjos e de outras almas. Trata-se de um privilégio divino, uma graça concedida, por Deus, a essas almas. Abre-se a visão da realidade espiritual que transcende a visão material. Santa Maria Madalena de Pazzi, por exemplo, viu uma religiosa de sua Ordem (carmelita) ser tirada do Purgatório e levada ao Céu por seu anjo da guarda. Santa Francisca Romana viu seu Anjo da Guarda conduzir ao Purgatório, uma alma a ele confiada, para ser purificada. Também puderam ver os seres espirituais, são Geraldo Magela e santa Gema Galgani. Cristo disse que no céu, seremos como os anjos (Mateus 22,30 ).

Os anjos nos conduzem do purgatório ao céu, após a nossa purificação e o Juízo Particular de Deus; e, por outro lado, abandonam os pecadores réprobos nas portas do inferno, para que sofram as consequências da opção de vida feita .

Na missa, os anjos descem à terra para louvar o Cordeiro imolado oferecido eternamente a Deus.

Os anjos são citados em diversas passagens do Antigo e do Novo Testamento.

Na Arca da Aliança foram esculpidos dois querubins por ordem de Deus e eles cercam o Trono de Deus no céu, louvando e servindo a Deus sem cessar.

Existe um escalonamento entre os anjos.

A distinção dos anjos é feita em nove coros, agrupados em três hierarquias diferentes:

· Serafins - significa queimar , consumir. Unidos a Deus de maneira mais íntima , nos ardores da caridade.
· Querubins - do hebreu "chérub", "plenitude de sabedoria e ciência", assistem o trono de Deus, seu privilégio é ver a verdade de um modo superior
· Tronos - (Sedes de Deus), sua missão é assistir os anjos inferiores.
· Dominações - dominam sobre todas as ordens angélicas. Todos assistem a Deus em Seu trono.
· Potestades - executam ações que tocam o governo do mundo e da Igreja
· Virtudes - encarregados de remover os obstáculos às ordens de Deus, afastando os anjos maus que assediam as nações , mantendo as criaturas e a ordem da divina Providência.
· Principados - com uma autoridade especial, são os que presidem os reinos, as províncias, e as dioceses
· Arcanjos - são enviados por Deus em missões de importância junto aos homens.
· Anjos - os que têm a guarda dos homens.

OS ANJOS SÃO CITADOS NAS SAGRADAS ESCRITURAS

Isaías diz ter visto que "Os serafins ... clamavam um para o outro e diziam : Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus dos exércitos". (Is. 6,2-3).

No Apocalipse, arcanjo são Miguel e seus anjos , travam no céu uma grande batalha derrotando satanás e seus rebeldes (Ap. 12,7).

No II livro das Crônicas, quando Senaqueribe invadiu a Judéia , blasfemou contra Deus e mandou uma delegação a Jerusalém convencer seus habitantes à não fidelidade ao rei Ezequias.

O rei de Judá e o Profeta Isaías oraram implorando a proteção contra as tropas inimigas . Lemos: "E o Senhor enviou um anjo que exterminou todo o exército do rei da Assíria no próprio acampamento, com os chefes e os generais, e o rei voltou para sua terra inteiramente confuso" (2 Cron. 32,1-21).

Os anjos ajudaram Judas Macabeu numa batalha decisiva. Os anjos são guerreiros angélicos -- no Antigo e no Novo Testamento - juntam-se aos homens contra os inimigos de Deus.

No livro de Daniel (10,13-21), o arcanjo São Miguel defendeu os interesses dos israelitas contra o anjo da Pérsia. A missão de são Rafael junto ao jovem Tobias é descrita na Bíblia.

Nos Atos dos Apóstolos se afirma: "O Senhor Deus dos exércitos freqüentemente envia também seus guerreiros para livrar seus amigos das mãos dos ímpios" (Atos 5,18-20; 12,1-11)

São Gabriel foi o grande mensageiro não só na Anunciação à Nossa Senhora, mas, ao que parece, também, junto a são Zacarias , para anunciar o nascimento de João Batista. Junto a São José , a quem apareceu em sonhos três vezes: para anunciar a concepção divina de Maria , recomendar a fuga para o Egito e o retorno, após a morte de Herodes.

Anjos removeram a pedra do sepulcro de Cristo, anjos comunicaram às santas mulheres que Jesus havia ressuscitado.

No Apocalipse, são João refere-se à vitória desse Arcanjo contra o demônio .

prof. Everton Jobim