PROBLEMAS NO CÉU

Deus fazia sua costumeira ronda pelo céu. Percebeu que algumas pessoas não eram suficientemente puras para estar aí. Elas mesmas se envergonhavam diante dos bem-aventurados, gente de inefável beleza!

" O que está acontecendo? ", pensou Deus. "Será que Pedro não está vigiando bem a porta do céu? Pro que ele está deixando essa gente entrar? Será que a idade avançada debilitou sua coragem? Isso não pode continuar".

Pediu, então, a um anjo mensageiro que fosse chamar Pedro.

O anjo chegou aonde Pedro estava. Tomava conta da entrada do céu. 

Parecia muito feliz e tranqüilo. 

- Pedro - disse o anjo. - vim substituir você um pouquinho. Deus precisa falar com você.

Pedro foi depressa ao encontro do Senhor. Chegando à sua presença fez uma profunda reverência. O Senhor foi logo dizendo: 

- Há muita gente que não deveria estar aqui nesta Santa e Celestial morada. 

Por que você os deixou entrar. Pedro respondeu assustado: 

- Não é possível! Como é que isto pôde acontecer? Estou tão surpreso quanto o Senhor! Fico no meu lugar dia e noite vigiando a entrada do céu. Permaneço atento para que só entrem as pessoas que estão purificadas. 

- Calma, Pedro. Talvez alguém esteja trapaceando. 

Olhe! Você conhece aquelas pessoas? 

- Não, Senhor. Francamente nunca as vi e com certeza não passaram por mim. 

Eu lhe prometo que vou encontrar o responsável por isso. 

Se eu não conseguir, o Senhor pode me tirar o cargo de porteiro do céu. 

- Pedro voltou rapidamente para o seu posto. Conferiu a fechadura. 

Verificou se não havia alguma entrada clandestina. Nada. Tudo estava na mais perfeita ordem. Sorriu, tranqüilo, e continuou vigiando a grande porta.

Poucos dias depois, para sua surpresa, constatou a presença de novos intrusos. 

Por onde entraram? Como? Quando? Foi logo procurar Deus.

Ambos resolveram, então, permanecer perto da entrada do céu para descobrir o que estava acontecendo. Ficaram bem atentos.

O que viram? Uma cena fantástica! Fora do céu nas proximidades da porta de entrada, uma multidão chorava. Eram as pessoas que Pedro não deixara entrar.

Profundamente comovida, lá estava Maria ajudando-os.

A mãe de Deus encostara uma escada no muro e fazia as pessoas subir por ela e entrar no céu.

Pedro suspirou aliviado. Tendo provado sua inocência, disse para Deus: 

- Talvez seja bom o Senhor ter uma conversa com ela...

Mas Deus vendo o carinho, a doçura e a ternura com que Nossa Senhora tratava aqueles infelizes concluiu: - Não adianta, Pedro. Você a conhece bem.

Ela sempre vai conseguir um jeitinho de continuar ajudando!