NA ÁFRICA

Um dia, numa expedição, o cachorrinho começa a brincar de caçar mariposas e quando se dá conta já está muito longe do grupo do safári. Nisso vê bem perto uma pantera correndo em sua direção. Ao perceber que a pantera vai devorá-lo, pensa rápido no que fazer. Vê uns ossos de um animal morto e se coloca a mordê-los. Então, quando a pantera esta a ponto de atacá-lo, o cachorrinho diz: "Ah, que delicia esta pantera que acabo de comer!". A pantera para bruscamente e sai apavorada correndo do cachorrinho e vai pensando: "Que cachorro bravo! Por pouco não come a mim também!". Um macaco que estava trepado em uma arvore perto e que havia visto a cena, sai correndo atrás da pantera para lhe contar como ela foi enganada pelo cachorro. O macaco alcança a pantera e lhe conta toda a história. Então, a pantera furiosa diz: "Cachorro maldito! Vai me pagar! Agora vamos ver quem começa quem!". "Depressa!" - disse o macaco -  "Vamos alcança-lo". E saem correndo para buscar o cachorrinho. O cachorrinho vê que a pantera vem atrás dele de novo e desta vez traz o macaco montado em suas costas. "Ah, macaco desgraçado! O que faço agora?" - pensou o cachorrinho. O cachorrinho ao invés de sair correndo, fica de costas como se não estivesse vendo nada, e quando a pantera está a ponto de atacá-lo de novo, o cachorrinho diz: "Maldito macaco preguiçoso! Faz meia hora que eu o mandei me trazer uma outra pantera e ele ainda não voltou!".

Em momentos de crise, a imaginação é mais importante que o conhecimento.