A MULHER PERFEITA

Nasrudin conversava com um amigo, que lhe perguntou: “Então, mullah, nunca pensaste em casamento?” “Já pensei. Em minha juventude, resolvi conhecer a mulher perfeita. Atravessei o deserto, cheguei a Damasco, e conheci uma mulher linda e de grande espiritualidade; mas ela não sabia nada das coisas do mundo. Continuei a viagem, e fui a Isfahan; lá encontrei uma mulher que conhecia o tudo do mundo material e espiritual, mas não era uma moça bonita. Então resolvi ir até o Cairo, onde jantei na casa de uma moça bonita, religiosa e conhecedora da realidade material.

“E por que não casaste com ela?” “Ah, meu companheiro! Infelizmente ela também procurava um homem perfeito.”