A CERCA

Numa fazenda havia um garoto que tinha um temperamento muito ruim. Certo dia pai do garoto lhe deu um saco com pregos e um martelo, dizendo a ele que toda vez que ele perdesse sua paciência, deveria martelar um prego atrás da cerca. No primeiro dia o garoto enfiou 37 pregos na cerca. Em algumas semanas, de acordo com que ele ia aprendendo a controlar seu temperamento, o numero de pregos martelados por dia reduziu gradativamente. Ele descobriu que era mais fácil controlar seu temperamento do que martelar todos aqueles pregos na cerca... Finalmente chegou o dia em que o garoto não perdeu a paciência nem uma vez. Sentindo-se realmente bem e confortado com o acontecido ele contou ao seu pai. Com a sabedoria dos mais velhos o pai sugeriu a ele que retirasse um prego a cada dia que ele conseguisse controlar seu temperamento. O garoto logo percebeu o que o pai queria dizer. "A cerca jamais será a mesma". Quando você diz coisas com raiva, estas coisas deixam cicatrizes exatamente como os buracos na cerca. Não vai importar quantas vezes você peça desculpa, o buraco vai estar lá do mesmo jeito. Um ferimento verbal e tão ruim quanto um Físico.